Esta é a época do ano com mais azafama em todas as casas.  Perceber o que cozinhar para toda a família pode ser sempre uma enorme dor de cabeça. Ainda para mais se estiver farto dos tradicionais pratos de natal.  

Para as famílias mais alternativas, ou que gostam de inovar, alterar o menu pode ser uma boa alternativa. Quem sabe até se não criam uma nova tradição de família para esta fase natalícia.  

Uma viagem no tempo  

Ao contrário do que muitos pensam, o tomate não é originário da Europa, e muito menos da Itália. A América foi a país que introduziu o uso deste fruto e foi no México que se tornou famoso.  

Falando no México, foi aqui também que o consumo de tomate verde se tornou uma realidade, não fosse este o fruto “secreto” para os sabores da comida Mexicana.  

Na verdade, o México existe dois molhos muito famosos: salsa vermelha e salsa verde. Tanto um molho como o outro são absolutamente saborosos e são um complemento incrível para tacos e tortilhas.  

Molho de tomate verde mexicano  

Esta história leva-nos até aqui. No artigo de hoje vamos ensiná-lo/a a preparar um molho de tomate verde mexicano. Quem sabe isto não seja o incentivo que precisa para preparar uma ceia de natal um pouco diferente. 

Esta é uma receita bastante simples e tem um tempo de preparação de cerca de uma hora. Mas calma, não desespere… prometemos que vai passar rápido, e vai ser um sucesso! 

Para esta receita vai precisar de alguns ingredientes, mas todos eles muito fáceis de encontrar em qualquer supermercado.  

Ingredientes:  

  • 6 tomates verdes 
  • 1 cebola 
  • 2 dentes de alho 
  • 4 pimentos verdes (sem sementes e picados) 
  • 1/2 molho de coentro picado (em pedaços de tamanho médio) 
  • 2 abacates 
  • 1/2 molho de salsa picada (em pedaços de tamanho médio) 
  • sumo de 2 limões  
  • 2 colheres (sopa) de azeite 
  • 1 pouco de sal e pimenta  

Modo de preparação: 

  1. Comece por cortar os tomates ao meio e retire as sementes e reserve-as. 
  2. Corte a polpa em cubinhos e reserve.  
  3. De seguida, corte também a cebola ao meio e rale-a para que fique bem fininha e reserve. 
  4. Pique os dentes de alho e esmague-o com o pimentão verde e uma pequena porção de sal até obter uma pasta homogénea.  
  5. De seguida, adicione ao preparado anterior, um pouco de coentros e a cebola. Continue a esmagar tudo até conseguir uma pasta verde (com um aspeto granulado);  
  6. Pegue novamente nas sementes do tomate, coloque-as numa peneira e retire todo o seu sumo. Este sumo deve ser adicionado à pasta previamente preparada.  
  7. Corte ao meio o abacate. Retire-lhe o caroço e corte o mesmo em pedaços de mais um menos 1cm e amace um pouco. A ideia não é que fique uma papa. Deve ver uns pedaços mais triturados e ouros mais inteiros.  
  8. À pasta anterior adicione o abacate a salsa e o restante coentro e envolva tudo. De seguida adicione, o sumo de limão e o azeite e misture tudo. Adicione uma pitada de sal e pimenta a gosto.  

Bem sabemos que se deve estar a questionar sobre todos estes ingredientes. Na verdade, é toda a mistura que faz deste molho ser tão famoso. Existe uma explosão de sabores. O abacate confere ao molho o doce. O tomate e o limão o ácido. E a pimenta o toque mais picante.  

O melhor ainda é que este produto fica bem com quase tudo! Pode adicionar este molho a sandes (para um lanche mais divertido) ou sobre grelhados.  

Como pode ver, esta é apenas mais uma das receitas que pode fazer em casa usando o tomate verde que tanto tem para nos oferecer.  

Agora conte-nos: Vai arriscar um prato diferente nesta época festiva?